USP alerta para alterações hormonais e outras doenças por uso excessivo de plásticos e cosméticos

Pesquisa em Ribeirão Preto apontou, em 25% das crianças avaliadas, níveis tóxicos de substâncias usadas em produtos do dia a dia. Exposição crônica a químicos é associada a doenças como o câncer. Água engarrafada em garrafas plásticas
Getty Images
Da garrafa plástica ao protetor solar, do sabonete ao papel emitido pela máquina de cartão de crédito, a concentração de compostos químicos de materiais que facilitam a vida das pessoas é motivo de preocupação para pesquisadores da USP de Ribeirão Preto (SP).
Chamadas de desreguladores endócrinos, substâncias capazes de alterar a produção de hormônios no organismo associadas a câncer, obesidade e até infertilidade Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!