UE destina 18 milhões de euros para energias renováveis em Cuba

Bloco e ilha estão dispostos a manter relação diplomática independente da posição dos Estados Unidos. Os 28 países da UE são os principais investidores estrangeiros em Cuba. Homem em frente a um poster de Fidel Castro em Havana
Yamil Lage/AFP
A União Europeia (UE) vai destinar 18 milhões de euros a Cuba para que 24% da eletricidade da ilha seja gerada em 2030 com energias renováveis. O acordo é o primeiro após a normalização das relações diplomáticas. Os europeus também preveem financiar a partir do fim do ano um programa de apoio à segurança alimentar resistente ao clima e sustentável em Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!