Sonda New Horizons, da Nasa: por que o 1º dia do ano promete ser histórico para a exploração espacial

Sonda sobrevoará objeto celeste mais distante já explorado – a cerca de 6,5 ​​bilhões de quilômetros da Terra. Ultima Thule: concepção artística mostra o que, por enquanto, os cientistas podem apenas especular sobre a aparência do corpo celeste
NASA/JHU-APL/SWRI
O primeiro dia de 2019 promete ser um marco para a exploração espacial. A sonda New Horizons, da Nasa, agência espacial americana, vai passar pelo corpo celeste conhecido como Ultima Thule, nos confins do Sistema Solar.
O sobrevoo estabelecerá um novo recorde para o objeto celeste mais distante já explorado – a cerca de 6,5 ​​bilhões de quilômetros da Terra.
A New Horizons Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!