Remédios: o que levar para a Rússia, onde 25% deles são falsificados

Farmácias: segundo
a Organização Mundial da Saúde (OMS), a Rússia está no grupo de países nos quais 25%
dos remédios em circulação são falsificados, contrabandeados ou não possuem
registro dos órgãos públicos reguladores. Médicos russos alertam para o risco
de comprar medicamentos por meio da internet e em pequenas farmácias perto de
estações de metrô e de trem, pois podem ser falsificados ou trazer substâncias
nocivas. Não há garantia de que esses medicamentos sejam avaliados por
entidades fiscalizadoras. O Itamaraty recomenda que o remédio seja comprado em
um lugar confiávelMedicamentos:
segundo o Ministério das Relações Exteriores, autoridades russas podem
controlar estritamente a entrada de medicamento receitado no país. Portanto, brasileiros
devem Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!