Pinças em nanoescala podem realizar ‘biópsias’ de moléculas individuais em células, aponta novo estudo

Usando impulsos elétricos, as ‘pinças’ podem extrair DNA, proteínas e organelas individuais das células vivas sem destruí-las. Técnica pode ajudar pesquisadores a desenvolver novos tratamentos. Ilustração mostra as nano-pinças extraindo uma mitocôndria de uma célula.
Imperial College London
Uma nova técnica permite aos pesquisadores extrair moléculas únicas de células vivas, sem destruí-las. A pesquisa, publicada na segunda-feira (3) na revista “Nature Nanotechnology”, pode ajudar os cientistas a construir um “atlas de células humanas”, fornecendo novas informações sobre o funcionamento das células saudáveis ​​e o que acontece de errado nas células doentes.
Usando impulsos elétricos, as ‘pinças’ podem extrair DNA, proteínas e organelas Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!