Pesquisa da USP transforma partes de frutas que iriam para lixo em cookies nutritivos

Estudo da Esalq de Piracicaba utilizou resíduos de melão, maçã e abacaxi, que podem degradar meio ambiente se não forem descartados corretamente. Esalq de Piracicaba utiliza partes incomuns de frutas na fabricação de biscoitos
Uma pesquisa da Escola Superior de Agronomia Luiz de Queiroz (Esalq-USP) desenvolveu um biscoito nutritivo a partir de restos de frutas que seriam descartados – como talos, cascas e o miolo. O estudo utilizou partes de melão, maçã e abacaxi, segundo a pesquisadora Nataly Maria Viva de Toledo. Leia, abaixo, como é feito o cookie.
A pesquisa foi desenvolvida no programa de pós-graduação em Ciência e Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!