Parasitas da malária se adaptam para maximizar chance de disseminação, mostra estudo

Parasitas evoluíram para ser mais infecciosos na hora do dia em que os mosquitos se alimentam. Descoberta explica por que as pessoas com a doença sofrem episódios regulares de febre. Mosquito Anopheles stephensi é vetor da malária.
Jim Gathany/CDC/Reuters
Os parasitas da malária evoluíram para ser mais infecciosos na hora do dia em que os mosquitos se alimentam, para maximizar as chances de disseminação, mostra um estudo divulgado por pesquisadores da Universidade de Edinburgh nesta quinta-feira (4).
A descoberta explica por que as pessoas com a doença sofrem episódios regulares de febre. Estes ocorrem quando os parasitas que causam a malária se replicam Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!