Estudo aponta que sobreviventes do ebola sofrem de problemas neurológicos

Enxaqueca debilitante, dificuldade de se movimentar, Acidente Vascular Cerebral e depressão estão entre as sequelas de infecção que matou mais de 11 mil pessoas em surto de 2014 até 2016. Agentes de saúde trabalham para o controle do ebola na República Democrática do Congo
Media Coulibaly/Reuters
Pesquisa publicada na “Emerging Infectious Diseases” nesta quarta-feira (26) dá um panorama das sequelas deixadas pela infecção por ebola em sobreviventes. Dores de cabeça, Acidente Vascular Cerebral (AVC) e enxaqueca debilitante estão entre os rastros deixados pela infecção. “Alguns sobreviventes são incapazes de cuidar de si mesmos”, relata nota sobre a pesquisa.
O estudo analisou dados Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!