Cientistas dos EUA inovam ao editar e reprogramar genes

Pesquisa possibilita edição de genes e reprogramação de células
Thomas Cain/Getty Images

Cientistas americanos conseguiram reprogramar geneticamente células-T – que fazem parte do sistema imunológico humano – sem utilização de vírus para inserir genes. De acordo com os autores do estudo, publicado nesta quarta-feira (11), na revista Nature, o avanço torna mais rápida a edição de genes, o que poderá ter aplicações em pesquisa, na medicina e na indústria.

A técnica conhecida Crispr-Cas9 (ou simplesmente “Crisper”) permite a edição do DNA, com o objetivo de eliminar mutações indesejáveis em pesquisas e em terapias genéticas. Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!