Britânico envenenado com Novichok recupera consciência

O britânico de 45 anos que se encontrava em condição crítica por sua exposição ao agente neurotóxico Novichok recuperou a consciência, informou o hospital em que permanece internado.
“Observamos uma melhora pequena, mas significativa na condição de Charlie Rowley. Ele se encontra em condição crítica, mas estável, e já recuperou a consciência”, indicou o hospital em um comunicado.
A polícia britânica informou ter aberto uma investigação por homicídio depois da morte de Dawn Sturgess, uma britânica de 44 anos que foi hospitalizada em estado grave em 30 de junho, em Salisbury, junto a Rowley, igualmente envenenada por esta potente substância.
O casal foi Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!