Brasileiro só toma vacina em situação crítica, diz virologista  

Vacinação da febre amarela gerou filas no auge da epidemia, no último verão
Leonardo Benassatto/Reuters – 17.01.2018

Com a chegada do frio, surge a dúvida: acabou a epidemia da febre amarela? Os especialistas afirmam que a transmissão do vírus diminuiu, mas quem não está vacinado continua correndo risco de contrair a doença. “A presença da febre amarela é irreversível. Daqui não vai sair mais”, afirma o médico e doutor em microbiologia Maurício Nogueira, presidente da Sociedade Brasileira de Virologia (SBV).

“Quem não se vacinou deveria aproveitar que tem vacina e não tem fila. É importante vacinar Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!